foto 39 (2)

Além de dar mais cor para a sua casa, as plantas medicinais podem ajudar em muitas doenças e até suaves temperos.

 

Um cházinho depois do almoço para ajudar na digestão ou antes de dormir para garantir um sono mais tranquilo. Quem nunca? A sabedoria dos antigos anda ganhando força a partir da verificação da eficácia das plantas medicinais pelas pesquisas. E para ter sempre aquelas folhinhas e flores para um chá fresquinho, nada melhor do que ter suas próprias ervas em casa. Fizemos uma seleção de 5 ervas que são fáceis de cultivar para você começar o seu canteirinho! Acompanhe:

Alecrim
A cozinha não é o único palco de sucesso do alecrim. O pequeno arbusto, muito usado na culinária para dar refrescância aos pratos, é indicado para facilitar o processo digestivo e previne o acúmulo de gases. Além disso, é estimulante mental e usado em grande escala contra febres, doenças respiratórias e no controle do fluxo menstrual.

Como cultivar
O alecrim é uma das plantas mais fáceis de serem cultivadas. Gosta de solos pobres em nutrientes, secos e muita muita luz e calor. Não tem problema nenhum deixá-lo ao sol. Regue apenas quando a terra estiver seca e não esqueça de podá-lo sempre para que não crie raízes fundas.

Em vasinhos
Eles se adaptam muito bem aos vasos. Procure plantar em um vaso mais fundo e deixe um apoio para os ramos que irão crescer (um palitinho de sorvete já serve).
Quanto custa a muda?
Entre R$ 5,00 e R$10,00.

Capim-limão
Ele também é conhecido como capim-cidreira ou capim-santo. Ele tem esse nome, pois ao ser cortado, exala um cheiro bem próximo ao do limão. Muito indicado para dores abdominais, diárreias e cólicas, o capim limão não tem restrição alguma ao uso e funciona como um analgésico leve. Também é usado em forma de compressas para tratar doenças da pele, do trato respiratório e dos músculos, mas, nesse caso, se a pele for exposta ao sol após a compressa e sem ser lavada pode ocorrer uma leve queimadura.

Como cultivar
Assim como o alecrim, necessita de muito sol e calor e dificilmente se cria na sombra. A rega tem que ser, em média, três vezes por semana. Outra planta que se adapta muitíssimo bem aos vasos, desde que tenha muita incidência de sol.

Quanto custa a muda?
O capim-limão também é uma planta barata. Um vasinho com 3 a 4 mudas pode custar na faixa de R$10,00 a R$20,00.

Babosa (Aloe-vera)
A babosa é uma erva super poderosa. Originárias das regiões desérticas, a planta desenvolveu muitos mecanismos para sobreviver. Ela é bastante conhecida no Brasil, utilizada principalmente para tratar de doenças da pele como acne, queimaduras de sol e manchas. Mas pode ser usada contra a queda de cabelo, caspa, combater piolhos em crianças e dar brilho e hidratação aos cabelos. A sua forma comum de uso é cortando as folhas ao meio e usando aquela espécie de gosminha que fica dentro para aplicação na pele. O chá não é indicado para mulheres durante a menstruação ou gravidez, assim como não é recomendado para crianças e pessoas em estado hemorroidário.

Como cultivar
Deve ser cultivada em vasinhos maiores e em solos secos, com terra vegetal e areia.

Quanto custa a muda?
A babosa não é uma planta tão fácil de ser encontrada nas regiões mais úmidas do país, mas ainda sim não é uma planta cara. Seu preço figura entre R$15,00 e R$30,00.

Erva-cidreira
Essa é das mais tradicionais. A erva-cidreira, ou melissa, normalmente é confundida com o capim-cidreira. A erva-cidreira é bem parecida com uma mini árvore e dá flores brancas, ao contrário do capim-cidreira, que se assemelha a grama. Conhecida por ser um calmante natural, ela ajuda na digestão após as refeições. Da mesma forma que serve no auxílio do controle da pressão alta, a insônia e a perda de apetite. Ela não é indicada para quem tem doença da tireóide ou sofre de frequência cardíaca baixa, pois ela aumenta esse sintoma devido as suas propriedades calmantes.

Como cultivar
Suas mudas são melhor cultivadas se à sombra, evitando expor a erva ao sol. Caso não seja possível, coloque num lugar em que a planta pegue apenas a iluminação de final de tarde. No início, a muda precisa ser regada todos os dias, depois de uma semana essa frequência diminui para dia sim e dia não.
Quanto custa a muda?
Entre R$15,00 e R$25,00.

Hortelã
A hortelã é uma planta que deve ser cultivada em um vaso – ou terreno – a parte das outras plantas medicinais. Ela é bastante usada na culinária, mas a infusão de suas folhas ajuda a abrir as vias respiratórias. A hortelã é ótima para queimar gorduras e ajuda a perder aqueles quilinhos a mais.

Como cultivar?
A hortelã é um pouco mais complicada para ser cultivada. Sua raiz é mais forte que a das outras plantas e na tentativa de se expandir, acaba matando as plantas próximas, por isso a necessidade de ser cultivada em um vaso só dela.

Quanto custa a muda?
Como é uma erva fácil de ser encontrada a muda custa em torno de R$5,00.
Você já tem o seu canteirinho? Usa alguma planta que ficou de fora desta lista? Comente!

Fonte: ImovelWeb