foto 7

É cada vez mais comum o interesse pela reforma para valorizar o imóvel. Em 2013, os brasileiros gastaram em torno de R$ 5,4 bilhões em reformas e, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), em 2014 esse número deverá aumentar em 6%, sendo que grande parte dos reparos feitos tem como objetivo agregar valor à construção.

Uma reforma mais completa pode elevar entre 30% e 40% o valor do imóvel ao término da obra”, afirma Rosemeire Albuquerque, arquiteta da rede Praquemarido, especializada em serviços de manutenção, reparos e reformas. De acordo com a profissional, é importante considerar reparos nas instalações elétricas e hidráulica para que não haja dores de cabeça posteriores.

Para elevar o padrão da reforma e aparência final do imóvel, a arquiteta também recomenda o acompanhamento de profissionais da área para planejamento e empresas especializadas para execução dos serviços

“Modernizar ambientes seguindo as últimas tendências do design internacional, está cada vez mais acessível ao consumidor. Compradores atuais buscam ambientes clean, arejados, com boa entrada de iluminação natural, materiais inteligentes que facilitem a limpeza diária e conservação ao longo dos anos”, explica Rosemeire.

Ela sugere algumas dicas para quem pensa em investir na valorização do imóvel. A utilização de madeiras e outros produtos de origem sustentável, pinturas com texturas variadas e papéis de paredes personalizados são as tendências mais fortes da decoração. “Atenção para a escolha de cores na hora de renovar a pintura. Limite o uso de estampas e cores fortes, sempre levando em consideração que tons claros expandem o ambiente e os escuros dão a sensação de espaços menores, e pode prejudicar a venda do imóvel”, compara.

Segundo ela, uma pequena consultoria com profissionais da área, como arquiteto ou designer de interiores, ou empresas especializadas do setor, pode agregar valor ao projeto de reforma. “Algumas ideias de decoração ou a utilização de materiais tecnológicos valorizam ainda mais o imóvel e nem sempre significam grandes investimentos”.

 Outra dica é procurar por empresas especializadas para investir na reforma. “Profissionais capacitados e que forneçam mais segurança e garantia para os serviços prestados são essenciais para que o resultado seja o esperado”, finaliza a arquiteta.

Fonte: Diário dos Campos