foto 19 (1)

Utensílios e mobília podem se tornar armadilhas dentro de casa

Os perigos dentro de casa podem se tornar uma armadilha para as crianças. Confira as recomendações que o pediatra e neonatologista, Marcelo Reibscheid, enfatiza para indicar riscos e soluções que garantam a segurança do seu filho.

Na sala

Tv’s, DVD’s, videocassetes – todos os aparelhos preferencialmente têm de estar fixos ao móvel ou à parede. Os televisores do tipo LED, por exemplo, são muitos leves e podem ser facilmente empurrados. A fiação dos eletrônicos também deve estar devidamente presa. Cuidado especial também para controles remotos e pilhas, que devem ser mantidos fora do alcance dos pequenos.

Uma dica importante são os protetores de tomada, os quais são simples, possuem preços acessíveis e são encontrados facilmente no comércio. Essa precaução diminui os riscos de queimaduras e choques. Para quem tem cortinas em casa, as horizontais são as mais indicadas. Dessa forma, ela não chegará à altura das crianças. Evite também cortinas com puxadores.

foto 19 (4)

Banheiro

Acredite, crianças de até 3 anos podem se afogar em vasos sanitários com apenas 5cm a 7cm de água. Além disso, para elas é tentadora a ideia de escalá-los para alcançar objetos que estão fora de seu alcance. Em relação ao piso, a melhor opção é o azulejo, pois este é de fácil higienização e o risco de escorregamento é pequeno. Os tapetes de plástico com ventosas, que se fixam ao chão, são os mais seguros na hora do banho.

Cozinha

Evite ao máximo utilizar as bocas da frente do fogão. Quanto às panelas, deixe o cabo sempre para dentro. O ideal é manter as crianças fora da cozinha, mas caso seu filho esteja presente o mantenha longe do forno. As queimaduras são as maiores causas de acidentes domésticos.

foto 19 (2)

Guarde os eletrodomésticos nos armários altos ou com travas. Aparelhos em cima da pia podem ser puxados pelos pequenos, e os fios podem despertar a curiosidade e causar acidentes fatais, como enforcamento. A louça também não pode permanecer acessível por muito tempo. O ideal é escorrê-la enquanto se está higienizando e, ao terminar, guardar todos os artigos no armário.

Fonte: Revista Pense Imóveis